ATENÇÃO: ONDE TEM
ÁGUA PARADA,
PODE TER DENGUE.

Separador


ESTÁ NA HORA DE
FAZER A SUA PARTE.
LEVE ESTES CUIDADOS
PARA SUA VIDA.
 

Exclamação

NÃO DEIXE
ÁGUA PARADA

Destruir os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve. Evite sua procriação.
Lixeiras

LIXEIRAS DENTRO
E FORA DE CASA

Mantenha as lixeiras tampadas e protegidas da chuva. Feche bem o saco plástico.
Exclamação

VASILHAS PARA ANIMAIS

Os potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água e sabão no mínimo duas vezes por semana.
Exclamação

SUPORTE DE GARRAFÃO
DE ÁGUA MINERAL

Lave-o sempre quando fizer a troca. Mantenha vedado quando não estiver em uso.
Exclamação

PRATINHOS DE
VASOS DE PLANTAS

Mantenha-os limpos e coloque areia até a borda.
Exclamação

COLETOR DE ÁGUA
DA GELADEIRA E
AR-CONDICIONADO

Atrás da geladeira existe um coletor de água. Lave-o uma vez por semana, assim como as bandejas do ar-condicionado.
Exclamação

PLANTAS QUE
ACUMULAM ÁGUA

Evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas.
Exclamação

VASOS SANITÁRIOS

Deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico. Em banheiros com pouco uso, dê descarga pelo menos uma vez por semana.
Exclamação

BALDES E VASOS
DE PLANTAS VAZIOS

Guarde-os em local coberto, com a boca para baixo.
Exclamação

RALOS

Tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que estão fora de uso.
Exclamação

GARRAFAS

As garrafas devem ser embaladas e descartadas na lixeira. Se guardadas, devem estar em local coberto ou de boca para baixo.
Exclamação

LAJES

Não deixe água acumular nas lajes. Mantenha-as sempre secas.
Exclamação

PISCINAS

Mantenha a piscina sempre limpa, mesmo sem uso. Use cloro para tratar a água e filtre periodicamente.
Exclamação

CALHAS

Limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água.
Exclamação

OBJETOS D’ÁGUA DECORATIVOS

Mantenha-os sempre limpos com água tratada com cloro ou encha-os com areia. Crie peixes, pois eles se alimentam das larvas do mosquito.
Exclamação

CAIXAS D'ÁGUA,
CISTERNAS E POÇOS

Mantenha-os fechados e vedados. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria.
Exclamação

CACOS DE VIDROS
NOS MUROS

Vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água.
Exclamação

TONÉIS E DEPÓSITOS
DE ÁGUA

Mantenha-os vedados. Os que não têm tampa devem ser escovados uma vez por semana e cobertos com tela.
Exclamação

FALHAS NOS REBOCOS

Conserte e nivele toda imperfeição em pisos e locais que possam acumular água.
Exclamação

LIXO, ENTULHO E
PNEUS VELHOS

Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água.
Exclamação

OBJETOS QUE
ACUMULAM ÁGUA

Coloque num saco plástico, feche bem e jogue no lixo: tampinha de garrafa, casca de ovos, copos descartáveis e outros.
Exclamação

FACILITE O CONTROLE
DA DOENÇA

Permita sempre o acesso do agente de controle de zoonoses em sua residência ou estabelecimento comercial.

SINTOMAS E TRATAMENTOS

A dengue pode apresentar-se na forma clássica e na forma grave - que necessita de maiores cuidados em leitos de observação ou internação. A dengue grave inicia com os mesmos sintomas da dengue clássica e, com o término da febre, surgem os sinais de alarme.

Normalmente, os sinais de alarme ocorrem entre o 3º e 5º dia, esse é o chamado período crítico para dengue. Tratado com hidratação e medicação sintomática corretamente, a maioria dos casos evolui para cura.

SINTOMAS CLÁSSICOS DA DENGUE

  • Febre alta com início súbito
  • Dor de cabeça
  • Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles
  • Perda de paladar e apetite
  • Náuseas e vômitos
  • Tonturas
  • Extremo cansaço
  • Manchas e erupções avermelhadas na pele semelhantes ao sarampo ou rubéola, principalmente no tórax e membros superiores
  • Moleza e dor no corpo
  • Dores nos ossos e articulações

SINAIS DE ALERTA DA DENGUE

  • Dores abdominais fortes e contínuas
  • Vômitos persistentes
  • Pele pálida, fria e úmida
  • Sangramento pelo nariz, boca e gengivas
  • Sonolência, agitação e confusão mental (principalmente em crianças)
  • Sede excessiva e boca seca
  • Pulso rápido e fraco
  • Dificuldade respiratória
  • Perda de consciência

MITOS SOBRE O MOSQUITO DA DENGUE

AR-CONDICIONADO E VENTILADORES MATAM O MOSQUITO

Quando se usa o ar-condicionado a temperatura e a umidade baixam, isso inibe o mosquito. Ele tem mais dificuldade para detectar onde estará a possível vítima de sua picada. Porém não morrerá. Esses aparelhos apenas espantam o mosquito que poderá voltar em outro momento.

PARA MATAR OS OVOS DO MOSQUITO BASTA SECAR OS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA PARADA

Não é apenas o simples ato de secar os reservatórios de água parada que irá impedir o mosquito da dengue de se reproduzir. É preciso limpar o local também, pois o ovo ainda pode ser manter "vivo" por mais de um ano sem água.

REPELENTES SÃO FUNDAMENTAIS NO COMBATE À DENGUE

Repelentes, velas de citronela ou andiroba, ao contrário do que muita gente pensa, não têm muito efeito no combate à dengue, pois têm efeito indeterminado e temporário.

TOMAR VITAMINA B AFASTA O MOSQUITO

Apesar de ser verdade que o mosquito é atraído de acordo com a respiração e o gás carbônico exalado pela pessoa, não é uma medida eficaz de combate à dengue a ingestão de vitamina B, bem como alho ou cebola (que têm cheiro eliminado pela pele).
Tomar vitamina B pode afastar mosquitos, mas isso não dura muito e também irá variar de acordo com o metabolismo de cada pessoa, podendo até não ter efeito algum.

QUALQUER PICADA DO MOSQUITO TRANSMITE A DOENÇA

Primeiramente é necessário que o mosquito esteja contaminado. Além disso, cerca de metade das pessoas picadas não desenvolvem a doença. Entre 20 e 50% vão desenvolver formas subclínicas da doença. Ou seja, sem apresentar sintomas. Mesmo assim, é importante em caso de dúvida ou qualquer suspeita procurar o posto de saúde mais próximo.

BORRA DE CAFÉ NA ÁGUA DAS PLANTAS MATA OS OVOS DO MOSQUITO

Não há comprovação de eficácia da borra de café na água das plantas nem sobre a terra no combate ao mosquito. Pelo contrário, já foi verificado na prática que a larva do Aedes aegypti se desenvolve na água suja de borra de café. Ao invés de usar a borra, tente eliminar os pratos dos vasos, ou coloque areia até as bordas para eliminar a água. Lave também os pratos com bucha e sabão semanalmente. Isso é eficaz contra a dengue.

AS LARVAS DO MOSQUITO SÓ SE DESENVOLVEM EM ÁGUA LIMPA

Os ovos do mosquito também podem se desenvolver em água suja e parada. Hoje se discute até se as fêmeas do Aedes têm realmente a preferência pela água limpa. Então para combater a dengue, o importante é acabar com qualquer reservatório de água parada, seja limpa ou suja.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

DENÚNCIA DE FOCOS

Se você souber de algum local que não esteja observando as orientações de prevenção contra a dengue, denuncie à Secretaria da Saúde de sua cidade. Combater a dengue é dever de todos!

O QUE FAZER EM CASO DE SUSPEITA?

Em caso de suspeita de Dengue, procure a Unidade de Saúde ou Posto de Saúde mais próximo à sua residência.

O rápido diagnóstico é fundamental no tratamento da Dengue!

MATERIAIS DE DIVULGAÇÃO

Conheça e baixe os materiais da campanha de prevenção à dengue. Clique aqui!

PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Consulte aqui os materiais direcionados aos profissionais de saúde. Clique aqui!

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Atendimento à imprensa da Secretaria da Saúde do Estado do Paraná.

Telefones:
(41) 3330 4423
(41) 3330 4424
(41) 3330 4425

E-mails:
comunicacaosesa@gmail.com
acs@sesa.pr.gov.br

ATENDIMENTO À POPULAÇÃO

Atendimento à população da Secretaria da Saúde do Estado do Paraná:

Ouvidoria:
0800 644 4414

FALE CONOSCO

Para consultar o telefone da Secretaria de Saúde de seu município, clique aqui!

Entre em contato com a Secretaria da Saúde do Estado do Paraná

BOLETINS

BOLETIM DA DENGUE

Confira a situação da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus no estado do Paraná. Clique aqui!

BOLETIM INFESTAÇÃO PREDIAL

Confira os indices de infestação predial no estado do Paraná. Clique aqui!